A CONSTRUÇÃO DE UM MUNDO MAIS JUSTO

•December 30, 2012 • Leave a Comment

Estimados amigos e amigas!!!

É dia 30 de dezembro de 2012.

imagesCAY0BBLP

Algumas vezes sinto vontade de escrever e expressar meus sentimentos.

Vivemos apreensivos com o futuro e desperdiçamos o “presente” que a vida nos concede. Sei que todos correm atrás da felicidade e quase sempre muitos não a encontram. Acreditamos que ela se encontra completamente fora de nós mesmos. Ignoramos que ela está contida em cada um de nós e a deixamos adormecida.

Nesta época de Natal e Ano Novo parecemos seres felizes, sorridentes e esperançosos. Abraçamos e beijamos uns e outros como se fossemos seres cordiais e fiéis o ano todo. Expressamos palavras de carinho e ternura aos nossos irmãos como se fossem as últimas a serem proferidas durante 2013.

Percebo, porém, que esta época de passagem expressa sentimentos que não são duradouros. Permanece como uma chama que se ilumina antes do Natal e se apaga a partir do primeiro dia útil do ano. Estaremos então novamente juntos, mas adormecidos e alienados diante dos desafios que a vida individualmente nos impõe. Deixamos mais uma vez que a rotina bloqueie a nossa felicidade e que nossas relações “sinceras e cordiais” se congelem à espera de 2014.

É preciso esperar o final do ano para confraternizar e depositar esperanças de dias melhores?

Será que estamos focados no dia a dia ou apenas despertamos no final de cada ano?

Meus estimados amigos e amigas, eu vibro nessas datas. Todavia, eu também me desaponto com a existência de um grande teatro, ou mesmo de um circo, onde somos os atores e os malabaristas. É bom lembrar, contudo, que a construção de um mundo mais justo e socialmente solidário depende de nossas atitudes diárias. Enquanto pulamos, bebemos, comemos e soltamos fogos de “artifício”, não esqueçamos que há no mundo seres humanos desassistidos que não têm o que comer e muitos nem mesmo podem vibrar na esperança de um ano mais iluminado.

Desejo que 2013 seja um ano de diminuição das desigualdades. Que seja um ano de correções de nossas imperfeições e de construção de seres mais fraternos. Assim poderemos celebrar a conquista dos verdadeiros resultados que envolvam os excluídos, que demonstrem o nosso compromisso com o coletivo e que justifiquem os sonhos e a esperança por dias melhores.

É assim que podemos comemorar genuinamente nossas vitórias pelas metas atingidas e superadas. É assim que celebraremos não apenas por estar de passagem neste mundo, mas principalmente por transformá-lo e humanizá-lo.

Que sejamos seres mais conscientes e saudáveis em cada um dos 365 dias do ano!

Um forte abraço,

LUZ e PAZ
Zirair Karmirian Filho
“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES, SONHADORAS e SOLIDÁRIAS”

Advertisements

O MOMENTO REFLEXIVO – INTELIGÊNCIA CARISMÁTICA É INESQUECÍVEL!

•November 2, 2011 • Leave a Comment

  Olá Amigos!

 BOM DIA!
 
Será que ainda há espaço para professores ou gestores autoritários? Será que é preciso humilhar para exercer autoridade?
 
Um forte abraço,
Zirair

 

Um empresário ou executivo carismático desperta fascínio e respeito em seus funcionários. Mas os que são arrogantes despertam inveja e repúdio. Um líder mesquinho em distribuir elogios dificilmente criará vínculos com seus liderados, raramente explorará o potencial neles represados.

Quais professores são inesquecíveis pelos alunos? Não são os mais cultos e nem os mais eloquentes, mas são os que encantam e são admirados. Obviamente há exceções, mas frequentemente são esses que mais influenciam a personalidade de seus alunos. Sãos os que na visão de Immanuel Kant formam o homem do entendimento, depois o homem da razão, e , finalmente, o homem da instrução, o aplicador do conhecimento aprendido ( Duarte 1993).

 

O homem do entendimento é formado, em primeiro lugar, pela personalidade do mestre, em segundo lugar pelo conhecimento que transmite. A educação que forma seres humanos completos é a educação que lapida consciência de si e do papel social, que não desiste, que cria vínculos, apóia e contribui, inclusive com os que nos decepcionam.

Certa vez, ao dar um curso para professores universitários das mais diversas áreas, como sociologia, psicologia, administração, pedi aos participantes jamais abandonarem os alunos que vivem às margens da classe. Comentei que um bom professor valoriza quem tira as melhores notas, enquanto que um excelente também valoriza e cria vínculos com os que estão nos últimos lugares.

Comprometeram-se maciçamente em dar atenção aos que perturbam o ambiente, são relapsos, têm péssimo rendimento intelectual e vivem alienados. Certamente, farão diferença no teatro da educação, prevenirão muitos transtornos psíquicos, inclusive suicídios e violência social.

Nos EUA, segundo relatos, 1% da população adulta está encarcerada. Esses números são assombrosos. No Brasil, quem não está encarcerado em prisões, está encarcerado em suas casas e escritórios com alarmes e sistemas de segurança. No belo aeroporto de Frankfurt, pode-se ouvir frequentemente a advertência para proteger bagagens e bolsas. Vivemos em um mundo inseguro que precisa de um choque  dos códigos de inteligência.

 O educador que forma pensadores não é o que controla, mas o que liberta; não é o que pune, mas o que encoraja; não é o que desanima, mas o que estimula a começar tudo de novo. Não é o que distribui conselhos previsíveis, mas o que surpreende.

Quem aprender a decifrar o Código do Carisma na sua instituição, escola ou empresa encontrará  um tesouro que reis não possuíram.

Se a sala de aula for um monólogo onde um fala e todos escutam, formaremos repetidores de ideias. Se a sala de aula for um teatro onde professores e alunos são atores coadjuvantes da produção de conhecimento, formaremos pensadores.

Augusto Cury – Pais Brilhantes, professores fascinantes

 

 LUZ e PAZ!

Zirair Karmirian Filho

 

“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES E SONHADORAS”

 
 

LEMBRANÇA DIÁRIA!

•November 2, 2011 • Leave a Comment

 

Olá Amigos! 

 BOM DIA!

 

“Tínheis uma natureza amável, boa, prestativa, mas o meio em que viveis é egoísta. O coração vos arrastava à caridade, mas o mundo vos prende ao egoísmo, e, porque esta é a sua lei, sois forçado a aceitá-la; romper com o mundo vos seria penoso demais.”

 Joaquim Nabuco
 
                Dedico esta mensagem ao meu amigo Clovis.

 

 Que a LUZ do nosso Criador o ilumine.

 Feliz Quinta-feira!

 

LUZ e PAZ!

Zirair Karmirian Filho

“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES E SONHADORAS”

LEMBRANÇA DIÁRIA!

•November 2, 2011 • Leave a Comment

 

Olá Amigos!

  BOM DIA!

 A vida é um eco

 

“Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles… Não julguem, e vocês não serão julgados. Não condenem, e não serão condenados. Perdoem e serão perdoados. Deem, e lhes será dado…Pois a medida que usarem também será usada para medir vocês.”  Palavras de Jesus registradas no Evangelho de Lucas
 A vida é um eco. Se não gostamos do que recebemos, devemos prestar atenção no que emitimos.
Um garotinho vivia com seu avô no alto de uma montanha. Frequentemente, só para ouvir o som de sua voz ecoando, ele saia, colocava aos mãos ao redor da boca e gritava: “Alô!” Das montanhas a resposta vinha: “Alô…Alô… alô…alô…” Depois que ele gritava vinha  a resposta: “Eu amo você… Eu amo você…Eu amo você…Eu amo você…”
Um dia ele se comportou mal e seu avô o disciplinou severamente. Reagindo agressivamente, o garotinho balançou seu braço e gritou: “Eu odeio você!” para sua surpresa, as rochas e picos das montanhas responderam dessa forma: “Eu odeio você… Eu odeio você…Eu odeio você…Eu odeio você…”
A vida é assim. Chame isso de uma das leis imutáveis da natureza humana. Nós recebemos exatamente o que damos. A vida lhe devolve tudo o que você diz e faz. A vida é simplesmente um reflexo de nossas ações. Ela lhe devolve tudo o que você dá a ela.
Sua vida é uma coincidência: ela reflete você! Se quiser saber quem é o responsável pela maioria de seus problemas, de uma olhada no espelho. Se pudesse chutar o traseiro da pessoa responsável pela maioria de seus problemas, você ficaria sem poder sentar durante três semanas. É hora de sairmos de nosso próprio caminho.
Tudo volta. Ecos incríveis espelham nossas ações de uma forma enfática, algumas vezes até maior. Os resultados frequentemente são embaraçosos ou trágicos.
A lei dos ecos também funciona em nosso trabalho. As montanhas rochosas dentro das vidas dos outros estão prontos para ecoar as mesmas atitudes e ações que iniciamos. Quer que seus colegas de trabalho sejam amigáveis, altruístas, não façam comentários ácidos, cáusticos e nem olhem feio para você? O lugar certo para começar é com aquela pessoa que olha  de volta para você do espelho do banheiro todas as manhãs.
A lei é exatamente  consistente. Os filhos ecoam seus pais; alunos em sala de aula usualmente são ecos de seus professores. Se o que se comunica é negativo, severo, insensível e exigente…adivinha o que acontece? O eco reflete essas mesmas características, quase sem nenhuma exceção.
 Recentemente li sobre uma professora  que pediu a seus alunos para escreverem , em trinta segundos, nomes de pessoas que realmente odiavam. Alguns estudantes só conseguiram pensar em uma pessoa durante meio minuto. Outros listaram mais de quatorze. O fato interessante que emergiu desta pesquisa foi que  – aquelas que odiavam mais pessoas eram os mais odiados.
A lei dos ecos. Se você quiser que os outros o julguem e condenem, comece a fazer isso. Se deseja que sejam compreensíveis, acolhedores, que permitam que você seja você mesmo – então comece a ser dessa forma.
Sorrisos trazem sorrisos. Uma atitude positiva é contagiosa como um resfriado. Infelizmente, isso também acontece com suspiros, carrancas e palavras ásperas. O que você depositar no banco de ecos, você retira de volta. Algumas vezes com juros.
 
Para recarregar a bateria:
 
Li uma história engraçada sobre o Presidente  Abraham Lincoln que mostra a relação entre nossas atitudes e o efeito que elas exercem sobre quem somos. Um conselheiro de Lincoln recomendou determinada pessoa para certo cargo no gabinete, mas Lincoln rejeitou a sugestão. Disse ele: 
 
– Não vou com a cara desse sujeito.
 
– Mas, senhor – protestou o conselheiro -, ele não pode ser responsabilizado pela cara que tem.
 
Ao que Lincoln retrucou:
 
– Todo homem com mais de 40 é responsável pela própria cara.
 
Quem você é e como pensa também são coisas que podem ser lidas em seu rosto. Ao se olhar no espelho, se você vir uma expressão amarga, estará  enxergando a expressão como certamente será tratado.
 
Uma das maiores descobertas que se pode fazer é que conseguimos mudar. Não importa onde você esteve ontem ou quão negativas suas atitudes foram no passado, você pode ser mais positivo hoje. E isso faz uma diferença  incrível para o seu potencial e vida.
  

Dedico esta mensagem à minha amiga Letícia Lima.

 

Que a LUZ do nosso Criador a ilumine.

 
Feliz Quarta-feira!

 

LUZ e PAZ!

Zirair Karmirian Filho

“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES E SONHADORAS”

LEMBRANÇA DIÁRIA!

•November 2, 2011 • Leave a Comment

Olá Amigos! 

BOM DIA!
 
Eu me sinto jovem a cada dia e vocês?

O envelhecimento não deve despertar, por hipótese alguma, a tristeza ou a perda do entusiasmo pela vida, pois, se analisado com a ótica que focaliza o ângulo da sabedoria, pode ser reconhecido como a grande chance para consolidar a riqueza espiritual, já que o tempo sinaliza a imperiosa necessidade de revisão, aplicando o racional recurso da concentrada reflexão.”

 Jácome Góes
 Dedico esta mensagem ao meu amigo Paulo Santana.

 

 Que a LUZ do nosso Criador o ilumine.

 
Feliz Quarta-feira!

 

LUZ e PAZ!

Zirair Karmirian Filho

“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES E SONHADORAS”

LEMBRANÇA DIÁRIA!

•November 2, 2011 • Leave a Comment

Olá Amigos!

BOM DIA!
 Alegria do ser

 

A infelicidade, ou negativismo, é uma doença no nosso planeta. O que a poluição é no plano exterior o negativismo é no plano interior. Ele está em toda parte, e não apenas nos lugares onde as pessoas não possuem o bastante para viver. E até se acentua onde os indivíduos têm mais do que o suficiente. Isso é uma surpresa? Não. O mundo da riqueza está identificado com a forma de um modo muito mais profundo, está mais perdido no conteúdo, mais preso ao ego.

As pessoas acreditam que dependem dos eventos para serem felizes, isto é, que são dependentes da forma. Não percebem que o que acontece é a coisa mais instável do universo. Isso muda constantemente. Para elas, o momento presente encontra-se prejudicado tanto por um fato que aconteceu e que não deveria ter acontecido quanto por algo que não ocorreu, mas que deveria ocorrer. E assim perdem a perfeição mais profunda que é inerente à vida em si, aquela que está sempre aqui, que existe a despeito do que está acontecendo ou não, que está além da forma. Portanto, aceitando o momento presente, descobrimos uma perfeição que é maior do que qualquer forma e intocada pelo tempo.
 A alegria do Ser, que é a única felicidade verdadeira, não pode nos acontecer por meio de nenhum tipo de forma, bem material, realização, pessoa, fato, isto é, por intermédio de nada que ocorra. A alegria não acontece para nós – nunca. Ela emana da dimensão sem forma em nosso interior, da consciência em si, portanto é una com quem nós somos.
 
Fonte: Um novo mundo – O despertar de uma nova consciência – Eckhart Tolle
 Recebi esta mensagem e fiquei muito feliz:
 “Caro Zirair,

Desejo informar, que quero continuar recebendo seus momentos reflexivos, que são sempre bem vindos.
São ótimos momentos de pausa para leitura e reflexão dos sempre bem rebuscados e elaborados textos.

Parabéns pela sua iniciativa! Muita paz e felicidade!”

Abs, Alves

 Dedico esta mensagem ao meu amigo Alves.

 

 Que a LUZ do nosso Criador o ilumine.

 
Feliz terça-feira!

 

LUZ e PAZ!

Zirair Karmirian Filho

“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES E SONHADORAS”

O MOMENTO REFLEXIVO – A TOLERÂNCIA NOS TORNA MAIS FELIZES!

•November 2, 2011 • Leave a Comment

Olá Amigos!

 BOM DIA!

 Há momentos que precisamos de um tempo para nós mesmos…

 Ninguém é de ferro…

 Um forte abraço para os amigos do MBA.

 Zirair

 

Olhar e interagir com o mundo à nossa volta com mais tolerância pode nos encher de prazer e paz. É bom lembrar que, aos sermos tolerantes com fatos externos, estamos sendo, primeiro, com nós mesmos. Estamos nos dando chance de agir de forma sensata e calma. E a sensação que advém disso é sempre muito boa.

 

Muitas pessoas se irritam com facilidade, vivendo em estado de tensão e levando as pessoas que lhes cercam a se irritarem também. Não é difícil observar isso no ambiente familiar.

 

Às vezes, essa é a forma encontrada para manter laços, fazer contato, mesmo que destrutivos. Tudo é motivo para discordar, reclamar, ou brigar. São pessoas que não conseguem se comunicar de forma afetiva.

 

Ao agir dessa forma, elas estão se distanciando não apenas do outro ou outros, mas de si mesmas. Há casais que vivem anos dessa maneira, sem conexão amorosa de fato. Há pais e filhos que se distanciam de tal modo que , depois, fica quase impossível uma vivência gratificante.

 

Para ser tolerante é importante compreendermos que não há necessidade de estar sempre em primeiro plano e que, realmente, não estamos nem precisamos disso; que o outro tem total direito de pensar e agir diversamente do que acreditamos ou gostaríamos, sem com isso nos sentirmos ofendidos ou diminuídos; que o tempo é mesmo relativo e, portanto, tenha calma se o computador leva mais do que trinta segundos para abrir ou se o garçom demora um pouco para atender a sua mesa, afinal, se você  estiver entretido numa boa conversa ou em bons pensamentos, nem vai perceber o tempo passar.

 

Ser tolerante exige autoconhecimento, disciplina, atenção e, principalmente, respeito, consideração e amor a si próprio. A pessoa tolerante tem autoestima alta. Todos nós podemos ser mais tolerantes. Mas, para tanto, é necessário um pouco de esforço, mudanças de pensamentos e atitudes. Algumas atividades podem ser de grande ajuda, por propiciarem a quebra de paradigmas e novas possibilidades, como a meditação, yoga, taichi, terapias, enfim, o que possa dar um tempo para nós mesmos, colocando-nos em contato com a nossa essência e, assim, trazendo à tona o que temos de melhor.

 

Sandra Rosenfeld

 

Escritora, Terapeuta em Qualidade de Vida como Instrutora de Meditação, Coach Pessoal e Palestrante. Autora dos livros “Durma Bem e Acorde para a Vida” e O que é Meditação, ed. Nova/Record. Ministrante de cursos e workshops com foco na evolução pessoal e profissional.

 

www.sandrarosenfeld.com.br e contato@sandrarosenfeld.com.br

 LUZ e PAZ!

Zirair Karmirian Filho
“PESSOAS REFLEXIVAS, SENCIENTES E SONHADORAS”